FERRAMENTAS DE UM BOM TÉCNICO DE FIBRAS

Pode-se dizer que a confecção de uma emenda óptica é muito mais simples e exige muito menos mão-de-obra do que uma emenda de cabo multipar.

Entretanto, requer o uso de caixas de emenda que garantam a integridade do serviço durante a vida útil esperada da rede, que é de muitos anos, e de ferramentas e instrumentos especializados.

A emenda de fibras ópticas não admite improvisos.

É muito diferente da emenda de um condutor de cobre, que pode ser feita até mesmo por torcimento, que irá funcionar.

Todo e qualquer profissional que trabalha neste segmento sabe que o investimento a ser feito em veículo, instrumentos e equipamentos especializados facilmente atinge a casa dos 50 mil reais.

Com bastante frequência, tenho observado artífices trabalhando e vejo que eles fizeram quase toda a lição. Investiram nos itens mais caros, mas, deixaram de investir em alguns mais baratos, que são imprescindíveis.

Esses profissionais podem ser comparados a um nadador que atravessou o oceano a nado e morreu na praia!

Estou postando a seguir, uma relação de ferramentas e acessórios que devem compor a caixa de ferramentas de todo artífice de redes ópticas:

CONJUNTO DE ITENS QUE DEVEM CONSTAR DA CAIXA DE FERRAMENTAS DE UM BOM TÉCNICO DE FIBRAS ÓPTICAS:

  1. Maçarico a gás
  2. Soprador térmico
  3. Alicate de corte transversal
  4. Paquímetro
  5. Estilete com lâmina em bom estado
  6. Querosene doméstico para limpeza de tubetes
  7. Álcool isopropílico para limpeza de fibras
  8. Cortador transversal de tubetes
  9. Cortador longitudinal de tubetes
  10. Estopa ou trapo macio
  11. Papel toalha especial para limpeza de fibras
  12. Tubos e mantas termo contráteis de reserva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *